Terça, 03 Maio 2016 13:30

Abertura da FEIMEC conclama retomada da indústria nacional

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Um dos destaques do evento é a realização do projeto de Manufatura Avançada, conceito para indústria 4.0.

Começou hoje, terça-feira, 3 de maio a FEIMEC (Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos) e vai até o próximo sábado, 7 de maio. Durante a abertura do evento, deputados federais, presidentes e diretores de diferentes entidades industriais estiveram presentes. Esta é a primeira edição da feira promovida e organizada pela BTS Informa com iniciativa da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Nas palavras de Carlos Pastoriza, presidente do Conselho de Administração da Abimaq, a FEIMEC rompe paradigmas em diferentes aspectos: lançamento do projeto da indústria 4.0 que demonstrará a modernidade da indústria brasileira, o lançamento do novo e moderno pavilhão de exposições São Paulo Expo que junto com a BTS Informa investiram em equipe e infraestrutura para realização do evento, e por fim a aposta da Abimaq e seus associados em lançar uma nova feira do setor de máquinas.

Para Milton Rezende, presidente da Abfa (Associação Brasileira da  Indústria de Ferramentas e Abrasivos) o evento é um marco para a indústria atual e destaca a importância do setor de ferramentas e sua realação com o setor. O  presidente no Brasil da BTS Informa, Marco Basso, destaca a parceria com a Abimaq iniciada em 2011 com a organização da Agrishow, e já expõe aos expositores as próximas feiras desta parceria, agendadas para 2017: Plástico Brasil e Expomafe.

Edgar Dutra Júnior, presidente da FEIMEC expôs ao público, as dificuldades de lançar uma nova feira a um setor tão prejudicado como o da indústria. Contou que durante a organização houve muitas dúvidas sobre o término das obras do pavilhão a tempo do evento, e o alcance da meta da realização de uma grande feira ausente de acidentes de trabalho, seja das equipes do pavilhão como expositores.

O setor de máquinas e equipamentos, foi o setor que mais recebeu recursos da agência de fomento Desenvolve São Paulo, conforme informa seu presidente Milton Santos, já que é um dos principais impulsionadores do estado. Já o presidente da CNI, Robson Braga enaltece que o motor da economia é a indústria de máquinas e equipamentos, fomentadora de empregos e capacitação de profissional, por outro lado é muito penalizada pelas condutas do ministério e delegacias do trabalho. Aproveita o evento, para parabenizar a Abimaq pelo projeto de Manufatura Avançada que demonstra a modernidade da indústria nacional, estando uptodate com a indústria mundial. 

O secretário de Inovação e Novos Negócios, Marcos Vinícius de Souza também enaltece o tema Manufatura Avançada, confessando que o mesmo era pouco explorada pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), e que somente após com incentivo da Abimaq, o governo passou a pesquisar mais o assunto, iniciando pelo levantamento de como a Indústria 4.0 funcionava nos países desenvolvidos. Concluiu-se que o tema tem diferentes formados mundo a fora, e agora, o dever do Brasil é desenvolver seus próprios conceitos. Com isso, workshop's começam a ocorrer pelo país, para ampliar a discussão, saindo do âmbito exclusivamente tecnológico passando pela modernização das fábricas e tipos de capacitações necessárias aos profissionais do setor. Na FEIMEC acontece a primeira e exclusiva demonstração de Manufatura Avançada no Brasil. Conhecida também por Indústria 4.0, Indústria do Futuro e Fábrica Inteligente, a Manufatura Avançada é considerada a quarta revolução industrial e representa a interação, autônoma e inteligente, entre sistemas de fabricação automáticos complexos.

Por fim, o deputado coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Nacional, Newton Lima, deixa dois recados, o primeiro de que a oportunidade das transformações é agora, seja na diminuição da carga tributária e modernização das leis trabalhistas, por isto o novo governo que deve substituir em breve o atual, trabalha nesta meta e fecha discurssando: "Se o parlamento não for erguido com paquímetros e robótica estará a revelia da indústria nacional".

Durante a cerimônia, houve a homenagem à Evaristo Nascimento, experiente e renomado especialista em feiras de negócios, falecido recentemente..

Acompanhe mais notícias da FEIMEC pelo Feiras Industriais

Visite nosso estande, estamos na rua D!

 

 

Visto 2128 vezes Última modificação em Sexta, 13 Maio 2016 20:30
Redação

Eliane Bastos
Consultora de Marketing da Ello Consultores
Publisher no portal Feiras Industriais
Blogueira no Marketerapia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Promoção Ello Consultores

Especialista em Marketing Industrial
www.elloconsultores.com.br
Ello Consultores logo

Assine nossa Newsletter

Top